Bacafá

Bacafá

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Desabafo

Texto e fotos enviados por Débora Hartmann.

Hoje é um dia muito triste em Jaraguá do Sul e para mim, no bairro Barra do Rio Cerro bem pertinho da minha casa, aconteceu umas das piores tragédias que esta cidade já viveu. Nunca havia presenciado algo tão horrivel em todos estes anos de vida.

Ao acordar me dirigi imediantamente ao local do acidente, movida pela curiosidade mas também pela sensação de realizar algo. E foi isso que fiz, conversando com os brigadianos do local, consegui ficar na area reservada a impresa. Fiquei fotografando os lances do desastre bem como fazendo pequenos videos, para constatar que agora depois que tudo foi posto abaixo pela terra, que a defesa civil estava agindo, que agora os brigadianos estavam controlando o transito, que agora os bombeiros estavam trabalhando não só no resgate a vítimas mas tambem verificando o grau de perigo nas casas ao lado.

O que se nota nesta tragédia é a inercia do poder municipal que abandonou a população a própria sorte. Em nenhum momento antes do desmoronamento do morro viu-se qq medida de prevenção, somente areas onde a própria população chamava a defesa civil para ir, que eram consideradas areas de risco. Em nenhum momento a defesa civil realizou um plano preventivo, analisando as areas potencialmente de risco da cidade. Pq meus amigos onde o morro foi abaixo, não havia nenhum sinal evidente de perigo, mas o morro foi cortado para passar o dito progresso, e com a chuva torrencial , foi o golpe de misericordia.

Até quando vamos viver mergulhados nesta inercia, nesta ausencia do poder municipal? Pq o município foi negligente não somente com essas pessoas q infelizmente morreram, mas conosco tb. Se as coisas estão piores por aqui, não é culpa unicamente do tempo mas tb do poder municipal q foi omisso. Este desastre não pode ser esquecido, pois um povo sem memória não cresce, não evolui, não vive. Ficam meu desejo e minhas orações que não aconteça mais nenhum desastre, que ninguem mais morra. Espero que Santa Catarina volte a sorrir. Que nosso povo sobreviva mas aprenda a lição.

Um comentário:

Raquel München disse...

Ficou bem mais legal teu blog aqui! Adorei!

Quanto à postagem da Débora, realmente, como a maioria das coisas aqui no Brasil, espera-se pra remediar, em vez de prevenir. Muito triste tudo isso que está acontecendo.