Bacafá

Bacafá

domingo, 25 de abril de 2010

O PIG novamente em ação.

Parece assunto requentado, mas vale a pena prestar atenção e exercitar o discernimento.
Estilo Denorex ao contrário: o que não parece realmente é!

A mídia fechou com o Serra. Sem entrar no mérito se a tropa do tempo do FHC/PFL voltar é bom ou ruim (não esqueçam do mercado que virou o Congresso para mudar as regras no meio do jogo. Falo da reeleição com a qual o presidente FHC comprometeu todo o seu currículo e as suas gestões. Entre otras cositas mas). Nem se faria mal para a democracia ter um mesmo grupo (o do Lula e seus asseclas) governando por mais de duas gestões ou mais de 8 anos.

A questão é que há uma certa dissimulação no ar. Querem tomar partido, tomem. Mas sejam honestos e não disfarcem para querer enganar. O telespectador e o leitor, eleitores afinal, têm o direito de saber que a programação e a pauta são parciais. Assim ficará melhor entender certos comentários, textos, matérias. O discernimento é facilitado pela clareza e transparência.

A mídia fazer papel de mocinho quando tem outros interesses não é justo. Ainda bem que existe internet e blogosfera.

Se alguém ainda não entendeu, vejam abaixo o que já foi muito comentado e não ousar repetir.

Primeiro a revista veja. Publicou duas capas com os líderes de pesquisa. Com a Dilma e com o Serra:


Nada de anormal, certo? Equilíbrio no jogo, certo? Errado. Avaliem as intenções comparando com certa histórica capa da revista americana Time:


Coincidência? Você decide.

Depois veio a rede globo e sua comemoração de 45 anos. Coincidiu que caiu bem em ano de eleição e o candidato preferido é 45 (PSDB). Até aí tudo bem. Agora, utilizar o mesmo repertório de mudança que o candidato Serra (Podemos fazer mais) me pareceu um pouco além de uma simultaneidade eventual. O vídeo:



Acredito que até os artistas foram ludibriados nessa. Não foi a toa que a emissora tirou a vinheta do ar.
Não é teoria da conspiração, é análise de fatos, apenas. O jogo tem que ser franco. Disfarces desta natureza me causam preocupação porque demonstram que há interesses muito fortes por trás de tudo. Não que seja novidade, mas parece cada vez pior.

E para quem não sabe o que é PIG, é só clicar aqui ou aqui.

4 comentários:

Cary disse...

nossa eu nunca tinha ouvido falar no PIG, gostei do post, fui nos links e agora acho que entendi do que se trata.
Mas me diz, com base em que a mídia escolhe quem vai apoiar?Dinheiro?o.o

bom post.
;**

jean mafra em minúsculas disse...

pois é pois é pois é, seu raphael!

muito apropriada sua colocação (na verdade, ao longo desta semana, alguns blogs vieram apontando as diferenças na capa da veja).

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

puta merda, que coisa, é claro que tem um PIG, claro, como nunca soube nem saquei? Demais sua matéria.

Raphael Rocha Lopes disse...

Cary, mistéééério... Quem sabe poder...

Jean, pois é... e como disse, a matéria não é inusitada, mas é polêmica.

Walkyria, certas coisas a gente demora pra perceber mesmo. E muitas vezes quando percebe, não acredita!