Bacafá

Bacafá

sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Por que não te calas, Pelé??

Parafraseando o Rei da Espanha, peço ao Rei do Futebol que pense um pouco mais antes de sair falando besteiras. Coisa, aliás, que o melhor jogador de futebol de todos os tempos é prodígio em fazer.

Falar publicamente, para diversas redes de televisão e rádio, que o Robinho causa vergonha e dificuldades ao futebol e povo brasileiros, e que deveria, assim como outros jogadores desregrados, ter como parâmetro sua vida é, no mínimo, burlesco. Afinal, o Rei não tem muito do que se honrar quando nega a paternidade de sua própria filha que, inclusive, já foi declarada pela Justiça - e que é a cara dele. Parece-me hipocrisia ou oportunismo. E Pelé não precisa disso.

Pior, condenar o jovem jogador com base em notícias ou informações noticiosas é, pelo menos, temerário. A acusação de estupro contra Robinho sequer tinha sido confirmada pelo Manchester City, time do boleiro, quando Pelé abriu sua bocarra inconseqüente.

Nunca aprendeu - logo ele, figura pública escolada - que todos são inocentes até que se prove o contrário?

Não sei se Robinho fez o que dizem. Se fez, deve ser punido. Se não fez, é mais uma especulação em cima de jogador milionário, coisa comum ultimamente. Cabe à Justiça inglesa apurar. Até lá nenhuma pessoa tem o direito de dar lição de moral e ofender com base em frágeis suposições.

Cala-te Pelé. Vai jogar bola. Vai fazer propaganda para Copa 2014. Só não fique falando bobagens ou pré-julgando as pessoas.

2 comentários:

Anônimo disse...

Como é fácil criticar a vida alheia, sem ao menos olhar ao próprio umbigo.

Carina disse...

Falou e disse, Rocha!

Mas só uma informacao: esta filha dele já faleceu, uns 2 anos, acho.
Beijos pra vc.