Bacafá

Bacafá

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Se ainda havia alguma esperança...

... acabou.


Sempre fui um sonhador, mas o vergonhoso arquivamento das denúncias contra o presidente do senado, josé sarney (não dá pra escrever nada disso com letras maiúsculas), retirou boa parte das minhas esperanças de um Brasil melhor. Pelo menos por ora. Os nobres senadores do conselho de Ética (?!) votaram, em maioria, contra as denúncias e representações contra o bigodudo.


Agora vamos a um problema doméstico (de Santa Catarina e não meu lá em casa, que fique claro):


Que coisa, hein dona ideli salvatti?! Quem diria?? Em outros tempos, metendo o pau no homem e agora, com suas novas madeixas, se sujeitando ao medíocre e infeliz trabalho sujo de esconder a porcalhada toda embaixo do tapete!!! É, o mundo dá voltas... Gostava mais quando a senhora era contestadora e perseguia os corruptos. Esse papel de amiga deles não lhe cai bem, senadora.


Com esse currículo a senhora ainda pretende se candidatar ao governo da Bela e Santa Catarina?? Más notícias para a senhora... os atos repercutem, o apequenamento não é coisa de gente da nossa terra...


Coitado do senhor Udo Döhler... o empresário deve estar com os cabelos em pé e já sem saber se sai ou não sai nessa chapa para o Governo do Estado.

Um comentário:

Agostinho Lopes disse...

Como diz meu pai, "Esperança era uma velha que morava lá em São Caetano (cidade próxima a Caruaru, onde ele mora) e já morreu, faz tempo".

Pois ele tem razão... Esses "assassinos da esperança", ainda matam aquela velhinha a cada dia...

Cazuza quem tinha razão: "Meus heróis morreram de overdose. Meus inimigos, estão no phoder".

Vergonha... Vergonha... Vergonha...