Bacafá

Bacafá

sexta-feira, 1 de maio de 2009

Ética

De Gabriela Maia Lopes.

"Existem diversas realidades para um país tão subdesenvolvido como o Brasil. Tem pessoas que acham um certo tipo de alimento ruim e jogam-no fora; tem gente que não come há um mês. Tem gente que reclama que seu vídeo-game não é de última geração; tem gente que se contenta com um pedaço de papel para brincar. Tem gente que reclama que acorda muito cedo; e tem gente que não acorda!

O que podemos fazer para mudar essa situação? Votar em um político honesto? Como, se todos fazem mil e uma promessas, grande parte não cumpre e não somos videntes para poder distinguir o bom do mau governante?

Que tal protestando contra o preconceito, não só o racial, mas também o religioso, e os que julgam o cidadão pela aparência sem saber do caráter do mesmo?!

Com toda a minha convicção digo que grande parte dos brasileiros, hoje, não estariam desempregados, passando por necessidades, pedindo “uns trocadinhos” ou vendendo bolos e fazendo acrobacia nos sinaleiros se tais pessoas (citadas acima) não as julgassem pela aparência.

“A sociedade muda, quando os indivíduos que vivem nela mudam”. Bela frase que realmente poderia fazer as pessoas pensarem sobre suas atitudes (por mais insignificante que possa parecer), pois não afetam só a nós mesmos, afetam a todos que vivem nela. Uma boa mudança de ética e comportamento para alguns iria fazer uma sociedade mais justa para todos."

2 comentários:

Janaína Elias Chiaradia disse...

Eu já esse texto em outro blog hein...rrss...
A Gabi está de parabéns!!! Concordo com sua opinião e com os demais comentários que fizeram no meu blog.

Darwinn Harnack disse...

“A sociedade muda, quando os indivíduos que vivem nela mudam”.

E a melhor forma de mudar os indivíduos é através da educação que, infelizmente, ainda não é priorizada. Para se ter uma idéia apenas 2% do orçamento federal é destinado atualmente para a educação.

Parabéns Gabriela.