Bacafá

Bacafá

sexta-feira, 20 de julho de 2012

Pais de menina morta em hotel pedirão R$ 5,8 milhões de indenização.


Os advogados que representam os pais da menina Maria Eduarda Ribeiro, 4, que morreu afogada na piscina de um hotel na Costa do Sauípe (a 76 km de Salvador), informaram nesta quarta-feira que vão pedir na Justiça uma indenização de R$ 5,8 milhões ao empreendimento onde o acidente aconteceu.

"Ele [o pai da menina] pediu socorro, mas não tinha salva-vidas. Demorou mais de cinco minutos até que aparecesse alguém pra ajudar a socorrer a criança", afirmou o advogado José Beraldo, que representa a família da garota. Ele afirmou que vai a Salvador no próximo domingo para acompanhar as investigações.

A família, do interior de São Paulo, passava férias na Bahia. Segundo o advogado, o acidente aconteceu no último dia da família no hotel. A menina estava na piscina infantil quando o pai a perdeu de vista. Ela foi encontrada momentos depois por um turista que a retirou de dentro da piscina de adulto.

O advogado afirmou que o valor que será pedido na Justiça corresponde a mil vezes o valor do pacote pago pela família e leva em consideração os anos de vida que a menina tinha pela frente e o poder aquisitivo do hotel. Ele disse ainda que vai solicitar as imagens das câmeras de segurança do hotel.

Em nota, a diretoria do complexo hoteleiro informou que a criança recebeu primeiros socorros pela equipe de salva-vidas de plantão, sendo levada depois, de ambulância, à equipe médica do resort.

Fonte: Portal Folha de São Paulo.

Um comentário:

Janice Adja disse...

Os pais também tem uma parcela de culpa. Por que não tomaram conta desta criança, sabendo todos que criança adora brincar com água.
Beijos!